Fundado
em
18/01/2006

Estamos de Volta !!
30/12/2009

     


 NOTÍCIAS
 

 
Em 19.06.17
Abel reclama de arbitragem e lamenta empate no fim: "Fica gosto amargo"

 

Futebol Sertanejo

Com Reportagem Especial: Hector Werlang (GloboEsporte.com)

 

O gol de empate do Flamengo, aos 49 minutos do segundo tempo, faz Abel Braga criticar a arbitragem do clássico deste domingo no Maracanã. Para o treinador, a bola na rede de Trauco contou com uma ajuda: Richarlison, que havia sofrido uma pancada da cabeça, não estava no campo. Por decisão do juiz Flávio Rodrigues de Sousa.

Richarlison, após atendimento médico, estava na beira do gramado. Pronto para voltar. Segundo Abel, o áerbitro não permitiu. E saiu o gol do 2 a 2, após uma cobrança de escanteio, na qual o atacante tricolor poderia ter ajudado a defesa.

- Fica um gosto amargo. Mas é um empate por uma série vários fatores. Fair play passou longe. Richarlison levou seis pontos na cabeça no vestiário. Naquele momento, não se jogou a bola para fora. Ele recebeu atendimento, colocou a touca. O árbitro deveria ter deixado voltar. Na segunda bola, após o corte do Léo, o Richarlison estaria disputando. Era a posição dele - disse Abelão.

A partida começou sendo apitada por Vincius Araujo, que no segundo tempo sentiu dores na coxa direita. Então, deu lugar ao adicional número um Flávio Rodrigues de Souza. O comandante ainda reclamou da entrada de Conca em Orejuela:

- Não sei se o Conca perdeu a cabeça com a vaia que aconteceu. Poderia ter sido expulso. Era normal. Mas vamos nos preparar para quarta. Tem mais.

Confira outros trechos da coletiva de Abel Braga:

Empate no fim
Fica um gosto amargo. Mas é um empate por uma série vários fatores. Fair play passou longe. Richarlison levou seis pontos na cabeça no vestiário. Naquele momento, não se jogou a bola para fora. Ele recebeu atendimento, colocou a touca. O árbitro deveria ter deixado voltar. Na segunda bola, após o corte do Léo, o Richarlison estaria disputando. Era a posição dele. Estava muito bom com o primeiro árbitro. De repente o cara não entrou bem. Ele deveria ter dado amarelo no lance do pênalti sofrido pelo Richarlison. Dito por vocês da imprensa, o primeiro gol do Flamengo estava impedido. E o presidente do Flamengo reclamou dos acréscimos. No jogo de quarta-feira, contra o Grêmio, eu tive um gol corretamente anulado por impedimento. O bandeira não viu quem havia tocado na bola, se era um defensor ou um jogador meu. Foi nosso. O impedimento foi bem marcado. Teve uma pressão injustificável. Os meus jogadores mostraram que não é um time se vergonha. É um time de amor e de luta pelo Fluminense. Saio daqui chateado. De repente, à noite, vou tomar um vinho estragado. De raiva.

Orejuela
Ele levou uma falta no meio do campo. E teve amarelo? Amarelo é pouco. Mas não quero mais comentar. Eu não comento arbitragem. Está complicada. Tudo está muito complicado no país. Hoje tivemos uma barbárie em Curitiba. É deprimente. O jogo, de repente, foi um reflexo daquilo. Enfim. Empatamos com um grande time, com grandes jogadores. Tiveram domínio, mas não chances no segundo tempo. É um time pronto, que joga junto desde o ano passado. Saio bem chateado com o empate.

Mascarenhas
Havia muito peso sobre o Léo. Não é só colocar o garoto. Tem de fazer uma análise real de quem sai e por qual motivo sai. Mascarenhas treina bem. Tive de tirar o peso do Léo. No primeiro lance dele com o Grêmio, ele foi vaiado. A vaia em um time com muito garoto é complicada. O Mascarenhas foi bem. Entrou preparado, muita personalidade. É claro que o mental neste tipo de jogo ocasiona o desgaste. A adrenalina sobe demais. Sentiu câimbra. Não complicou nada.

Lesões
O Orejuela é um trauma. A gente não tem sido feliz nas contusões. É um trabalho tão legal que não tem problema de músculo. É sempre trauma. Não justificava a falta do Conca, um ex-jogador do clube. Não sei se o Conca perdeu a cabeça com a vaia que aconteceu. Poderia ter sido expulso. Era normal. Mas vamos nos preparar para quarta. Tem mais.

Vaia
Torcedor é soberano. Se ele vaia o adversário, está nos ajudando. Na semana passada, chamou o time de ser vergonha. Não é. Minha equipe luta, dentro daquilo que ela pode dar. Não guarda nada para amanhã. Ninguém chegou ao vestiário dizendo que poderia ter dado mais 5%. Na hora do pênalti, o Henrique pediu para sair. Falei que faltavam 10 minutos. O CK dele já deu muito alto, é quem mais jogou no ano. Ele aguentou. Vamos continuar. Se tiver apoio, muito melhor. A gente tem coragem. O grupo tem coragem. A gente, sim, poderia estar um pouco melhor. Contra o Vasco, igual, levamos o gol no fim. Paciência.

Torcida
Vocês vivem muito de números. .A imprensa, no caso. Vocês deveriam perceber que quando tem feriado na quinta ou na sexta... e tem jogo do Fluminense depois, não vai ninguém. Os caras têm dinheiro e viajam. É uma torcida com poder aquisitivo um pouco maior. É assim desde a minha época de jogador.

Jogos fora
Não tem jogo fácil. É tudo igual. A gente sempre vai no limite. Não importa onde será o jogo.

Falta de jogadores cascudos
Foram quatro pernas no lance do gol. E a bola quicou. Esse foi o implante de grama que fizeram no Maracanã. A bola bateu e subiu. Não vou citar nenhum jogador nominalmente. Eu ponho para jogar. A minha conduta é essa. E eu não vou mudar. Não vou falar mal. Não vou justificar nada. Eu não posso fazer nada. O presidente é uma pessoa correta e também não fala nada que não pode. Ele era o presidente do Conselho Fiscal e pode falar... Muita coisa que eu gostaria de falar e não falo. Eu estou do lado dos corretos. Não sei se, com jogadores cascudos, a gente não sofreria o gol.

Gol sofrido
Quando o Richarlison caiu, o Scarpa chamou... não teve flair play. Quando ele colocou a touca, o árbitro não deixou ele voltar. Pedi ao quarto árbitro... e saiu o gol. Não sei se tem a ver, mas no momento do gol, eu estava com um jogador a menos.

Mascarenhas
Ele tem 18 anos. E entrou com 18 anos. Eu disse a ele: “Moleque, já marcou o Vinicius Junior? É um diabinho”. Ele: “Já, professor”. Perguntei como, afinal, nos juniores ele jogava no lado esquerdo... Ele disse que tinha jogo que mudava o posicionamento. Perguntei quando foi a última vez. Ele: “perdemos na Gávea de 4 a 0”. Falei: “f****”. Não vou tremer e não colocar. Ele entrou e fez um bom jogo.

 


© Copyright 2006/2013 (fxguedes)Redator: Francisco Sales · Tel: 55 83 8732-3639