Fundado
em
18/01/2006

Estamos de Volta !!
30/12/2009

     


 NOTÍCIAS
 

 
Em 07.12.17
Fase de grupos da Champions tem chuva de gols, recordes e ingleses dando as cartas

 

Futebol Sertanejo

Com Reportagem Especial: GloboEsporte.com

 

São as defesas que andam mais frágeis mundo afora ou os ataques estão cada vez mais eficientes? Seja um ou outro, o fato é que os gols não param de sair. A fase de grupos da Liga dos Campeões, que terminou nesta quarta-feira, teve justamente eles como destaque. Os gols.

+ Sorteio dos confrontos será na segunda; veja os potes

Nenhuma outra edição da Liga dos Campeões teve tantos gols na fase de grupos como essa. A marca de 300, aliás, foi ultrapassada pela primeira vez na história. Foram 306 gols nas 96 partidas, no total. Uma média de 3,16 por jogo. Ou, se preferir, podemos dizer que um gol foi marcado a cada 28 minutos.

Coitado dos goleiros...

Casa do trio de ataque mais badalado do momento, o Paris Saint-Germain foi um dos grandes responsáveis por essa marca expressiva. O time de Neymar marcou 25 gols, quatro acima do recorde que pertencia ao Borussia Dortmund - o time alemão fez 21 na temporada passada.

Campanha do Paris Saint-Germain:

  • Celtic 0 x 5 Paris Saint-Germain
  • Paris Saint-Germain 3 x 0 Bayern de Munique
  • Anderlecht 0 x 4 Paris Saint-Germain
  • Paris Saint-Germain 5 x 0 Anderlecht
  • Paris Saint-Germain 7 x 1 Celtic
  • Bayern de Munique 3 x 1 Paris Saint-Germain

Menções honrosas ao Liverpool, que marcou 23 gols na fase de grupos - ou seja, também passou a marca do Dortmund e ficou a apenas dois do PSG -, e ao Real Madrid, que marcou 17. São esses os ataques mais produtivos da competição até aqui.

Por falar em Real Madrid, tem um cara lá que não para de balançar as redes adversárias. Já ouviram falar em Cristiano Ronaldo?

O gajo é o artilheiro da Liga dos Campeões, com nove gols - pelo menos três a mais que qualquer outro, já que Harry Kane, Firmino, Cavani e companhia marcaram apenas seis. Esses números permitiram ao atacante do Real alcançar outras duas marcas:

  • Ele se tornou o primeiro jogador a fazer gols em todas as seis partidas da fase de grupos.
  • Ele se tornou o maior artilheiro da fase de grupos ao lado de Lionel Messi, com 60 gols

Ronaldo's group stage ��
MD1

MD2

MD3

MD4

MD5

MD6

E desses, só os Blues não foram líderes da sua chave - a Roma terminou em primeiro lugar no Grupo C. Ainda assim, só por causa da desvantagem no confronto direto. No número de pontos, ambos terminaram com 11.

There will be five English teams in the #UCL last 16 for the first time ever �� pic.twitter.com/OglG6j0dDg

December 6, 2017

O Tottenham, por exemplo, deixou para trás no Grupo H ninguém menos que o atual campeão Real Madrid e terminou a primeira fase com a melhor campanha (16 pontos = cinco vitórias e 1 empate). A dupla de Manchester também chama a atenção. Tanto o United quanto o City venceram cinco jogos, mas acabaram tendo a invencibilidade derrubada na reta final - os Red Devils perderam para o Basel na quinta rodada, e os citizens foram derrotados pelo Shakhtar Donetsk na última.

AS SURPRESAS...

Todo ano tem uma, não é verdade? No Grupo A, por exemplo, quem esperava que o Basel ficaria com uma das vagas na chave que também tinha Manchester United, CSKA Moscou e Benfica? Mas o time suíço superou as desconfianças, venceu quatro partidas (uma delas sobre o United, por 1 a 0) e se classificou em segundo lugar. Incontestável.

Mas talvez a maior surpresa tenha saído do Grupo G. O Besiktas não tomou conhecimento dos adversários numa das chaves mais equilibradas e garantiu sua vaga com antecedência, ainda na quinta rodada. Invicto, o time do brasileiro Anderson Talisca avançou com quatro vitórias e dois empates, e terminou na liderança.

AS DECEPÇÕES...

Teve tanto time com pompas de que iria fazer e acontecer nessa fase de grupos, mas que na verdade frustrous as expectativas, que fica até difícil eleger os mais decepcionantes. O Benfica, por exemplo: tetracampeão português, mas que conseguiu a façanha de não somar um ponto sequer na fase de grupos. Perdeu todas as seis partidas. Falar o que então do Borussia Dortmund? Finalista da Liga dos Campeões há tão pouco tempo, mas que se despediu da competição nesta temporada sem vencer (foram dois empates e quatro derrotas no Grupo H)

O Atlético de Madrid também ficou devendo bastante. Até venceu uma partida (2 a 0 na Roma na quinta rodada), mas perdeu outras quatro e viu o rótulo de favorito do Grupo C ir por água abaixo. Ao menos vai disputar a Liga Europa como prêmio de consolação. O Napoli também merece ser citado. Líder por muito tempo do Campeonato Italiano e elogiada pelo poder ofensivo, a equipe foi deixada para trás pelo Shakhtar Donetsk no Grupo F. Campanha de duas vitórias e quatro derrotas.

CURTINHAS

  • Com 18 anos e 52 dias de idade, Mile Svilar, do Benfica, se tornou o goleiro mais jovem a atuar em partida de Champions na derrota para o United, na terceira rodada.
  • Na mesma rodada, Jupp Heynckes reestreou no comando do Bayern de Munique (vitória por 3 a 0 sobre o Celtic) se tornou o técnico mais velho: 72 anos e 162 dias.
  • O Besiktas é o primeiro clube turco a se classificar para as oitavas de final.
  • Com 18 anos, 11 meses e 15 dias de idade, Mbappé, do Paris Saint-Germain, é o jogador mais jovem a atingir a marca de 10 gols na Champions.
  • O Borussia Dortmund é o primeiro time da história a ganhar vaga na Liga Europa com apenas dois pontos conquistados

 

 

 


© Copyright 2006/2013 (fxguedes)Redator: Francisco Sales · Tel: 55 83 8732-3639